PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL



BLOG VOLTADO PARA A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL - 16 ANOS NO AR

terça-feira, 23 de maio de 2017

Procurar o Padre Vinícius e explicar tudo para ele.

2 – Procurar o Padre Vinícius e explicar tudo para ele.


O Padre recebeu o Conselho depois de alguns minutos. Cadeiras foram arranjadas para que todos se sentassem na pequena sala onde o Padre Vinicius despachava. Carrancudo ele encarou a todos com olhos fixos e esperou.

-    Bem Sr. Padre, viemos aqui para tentar esclarecer um grande equivoco.
-    Isso é bom, quero mesmo saber porque vocês resolveram tombar a minha Igreja. – Disse o Padre.
-     Acho que o problema está aí. A nossa intenção em tombar a igreja é a mesma do Senhor.
-    Não é mesmo. Eu sou o zelador da igreja que é a casa de Deus. Vocês querem toma-la da comunidade. – Disse o Padre nervoso.

-  Que isso Padre, o tombamento é um instrumento usado para preservar um bem cultural. O que nós queremos é que ela dure. Que continue com agente do jeito que está sem descaracterizações ou perdas.  
-     Vocês querem toma-la da igreja...
-   Não é isto.  Ela vai continuar sendo um bem eclesiástico, só não pode é ser demolida ou modificada... Toda a intervenção deverá ser analisada pelo Conselho que vai decidir se pode ou não ser feita. Tudo isto como muito critério. – Completou Carlos Alberto. O Padre ficou pensativo por alguns segundos...
-    E porque não me explicaram isto? Porque não explicaram isto para toda a cidade? Ninguém sabe o que  é esse tal de Tombamento. – Falou o Padre.
Os Conselheiros se entre olharam.
-    É, foi o nosso erro. Devíamos ter elaborado uma cartilha e divulgado  informações na Radio e na Televisão... Ainda não é tarde, podemos fazer isto. – Falou João.
-    Eu vou fazer a minha parte... No próximo domingo explicarei aos paroquianos o meu engano.  No entanto gostaria que vocês consertassem mais uma coisa...
-    O que senhor Padre? – Perguntou Carlos Alberto.   
-  Eu não sou o principal responsável pela igreja. Vocês deveriam  procurar o Bispo.
-    É, concordo com o senhor, vamos procura-lo o mais rápido possível e explicar todas as implicações do tombamento. – concordou Carlos Alberto.

E assim tudo que foi acordado naquela reunião foi posto em prática. O Bispo foi comunicado pessoalmente pelo Presidente do Conselho, que lhe esclareceu todas as dúvidas. Uma cartilha foi elaborada pelo professor João com desenhos de Zezinho, lançada com muito sucesso em um concorrido coquetel. D. Rita foi ao rádio e a televisão tirar as dúvidas da comunidade. O conselho e a equipe do Departamento do Patrimônio Cultural desenvolveram com as escolas, uma série de atividades e tarefas para serem trabalhadas com os alunos visando a conscientização e esclarecimento sobre a proteção do patrimônio cultural.

O Padre Vinícius se desculpou pelo alarme falso que dera na missa passada e passou a ajudar ativamente o Conselho nos novos tombamentos de bens eclesiásticos.
As novas ações do Conselho foram sempre bem recebidas pelo comunidade.


                              QUESTIONÁRIO:
1 – Um bem cultural pode ser tombado com base em uma ficha de
Inventário do Acervo Cultural?
2 – Por que o padre não concordava com o tombamento da Igreja?
3 – Qual a importância de se notificar os proprietários de um bem
Que está sendo tombado? Realmente é necessário a publicação
Do edital de tombamento provisório? Porquê?
4- Um bem tombado pode sofrer intervenções?
5- Qual a importância do trabalho de educação patrimonial?

                                                  
                                             FIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário