PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL



BLOG VOLTADO PARA A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL - 16 ANOS NO AR

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

AS COISAS E O NOME DAS COISAS


LINK:

NOME DOS LUGARES TAMBÉM DEVEM SER PRESERVADOS:



CIDADES MINEIRAS
Autor: Carlos Henrique Rangel

Vejam só como são as coisas.
Em Minas Gerais, Estado sem mar, existe uma cidade como nome de Mar de Espanha.
Como disse Minas não tem mar e, claro, não fica na Espanha.
Existe também um povoado com o nome de Japão...
Dizem que o nome tem origem na falta de farinha para fazer pão.
Pois é,
Faltou pão durante algum tempo naquela localidade.
Mas como você sabe tudo passa e a falta de pão passou.
O pão voltou a ser feito.
Todos sabiam que agora havia pão.
- Já há pão – Diziam para quem ainda não sabia.
Então “Já há pão” virou Japão...
Foi o que me contaram... Não sei não...
Em um curso que dei em uma destas cidades de nomes intrigantes – “Catas Altas da Noruega” – havia representante de uma cidade chamada de Senador Firmino.
Curioso que sou, perguntei se o Senador havia nascido na cidade.

- Não. – Respondeu o ilustre representante daquela localidade.
- Não? Mas então por que o nome “Senador Firmino”? – Retruquei mais curioso.
O representante de Senador Firmino respondeu solicito:
- Existem duas versões: a primeira é que deram o nome do município porque o Senador Firmino passou de avião por cima da localidade.
- E a segunda? – Perguntei interessado.
- Bem, a segunda versão é que o nome não se refere ao Senador. Dizem que um morador de nome Firmino chegou em casa todo molhado e a mãe espantada perguntou “ nadô Firmino”?
- Bem... Foi o que me contaram...

Nenhum comentário:

Postar um comentário