PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL



BLOG VOLTADO PARA A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL - 16 ANOS NO AR

sexta-feira, 8 de junho de 2012

CONTOS DO PATRIMÔNIO


VOVÔ CARLOS E RITA – PATRIMÔNIO, O QUE É?
Autor:Carlos Henrique Rangel

Vovô Carlos estava sentado na varanda lendo jornal quando Rita chegou de mansinho.

- Vovô, posso te fazer uma pergunta? – Perguntou a menina.
O avô fechou o jornal e sorriu.

- Claro minha neta, O que você quer perguntar?

- Vi na televisão que é importante preservar o patrimônio cultural... Não entendi muito bem o que eles queriam dizer...
- Você quer saber o que é patrimônio cultural?

- É, mostraram igrejas e cidades com casas antigas...

- Pois é minha neta. Patrimônio cultural são igrejas e casas antigas e muitas outras coisas...

- Mas porque temos que preservar tudo isto? – Perguntou a menina sentando ao lado do avô ali naquele banco confortável da varanda.

- Bem Rita, vamos pensar um pouco...Quando você quer chamar o seu irmão como você faz?
- Uai Vovô, eu grito o nome dele...

- Qual é o nome dele?

-Ora vovô, é Paulo... Paulinho... O senhor sabe...

-Paulinho... Se eu falar Paulinho você sabe de quem eu estou falando não é?
-É...
- Pois então... Apesar de existirem outros meninos com nome Paulo, para nós da família, Paulo é o nosso Paulinho, seu irmão.

- É mesmo...

-Mas será que nós só conseguimos identificar o Paulinho pelo nome? – Perguntou o avô.
-Acho que não...

-O que mais é o Paulinho?

-Um menino de dez anos,de cabelos pretos,chato...

-Inteligente e bonito – Completou o avô.
-Tá bom, inteligente até pode ser mas bonito...

O Vovô riu.
-Está vendo? Conseguimos identificar o Paulinho... E Você? Quem é você?
-Eu? Eu sou a Rita, menina de seis anos, de cabelos pretos com tranças, que gosta de desenho e de desenhar, de ver novela e das estórias do meu avô. – Disse ela sorrindo.

-Menina inteligente, bonita, sapeca, curiosa...

-é...
-E essa menina Rita tem coisas que são só dela, não é?

-É sim. Tenho um quarto, uma cama, muitos vestidos, muitas bonecas e brinquedos e o cachorrinho que papai me deu...O Totó.

-Muitas coisas... E essas coisas são muito importantes para você?- Perguntou o avô.
Ah são...

-Por quê? – Perguntou Vovô Carlos.

-Porque eu gosto delas...

-Te fazem feliz?

-Fazem...

-Por quê?

-ah, vovô, o quarto é onde fico brincando com o Totó, com as bonecas... A cama é tão macia...

-Quando você viaja fica com saudades delas?

-Fico... Até acho estranho a cama dos lugares...

-E se sua mãe pegasse a sua cama, suas bonecas e o Totó e desse para alguém deixando o seu quarto vazio?

-Nossa Vovô! Mamãe não ia fazer uma coisa dessa comigo...
-Eu sei que não... Mas vamos fazer de conta...

-Eu ia ficar muito triste... Ia chorar muito... Como eu ia brincar? Com quem ia brincar? Onde ia dormir? – Disse a menina nervosa.

-Essas coisas todas são os seu bens... O seu patrimônio...São importantes para você e até falam muito de como você é e vive...O Paulinho tem as coisas dele. Seu pai e sua mãe também...Eu também tenho. E cada coisa fala um pouco do seu dono. Contam alguma coisa sobre ele.

-É mesmo... O Paulinho gosta de futebol... Tem uma bola toda velha que ele adora...
-Somos todos diferentes fisicamente e nos gostos... Temos coisas que são importantes para nós...Eu tenho fotos que me lembram da minha juventude...De vez em quando folheio o álbum para matar a saudade...

-Mamãe também tem fotos dela e nossa...

-Minha filha, assim como nós temos nossa maneira de ser e coisas que são importantes para nós como indivíduos, existem aqueles bens que são importantes para todos nós juntos...

-A casa?

-A casa para a nossa família é muito importante. Para as pessoas do bairro,  a praça, o supermercado,  a rua são importantes...

-A escola é muito importante para mim e para todos os meus colegas...

-Viu? Como vivemos em grupos existem coisas que são importante para o grupo por vários motivos: Padaria, supermercado,ônibus, locadora, restaurante...

Existem outros bens que são importante porque identificam uma comunidade.
-Como a cor do meu cabelo?

-Mais ou menos isto... Um lugar que conta parte da história daquele povo, uma festa que todo mundo gosta, uma igreja que todo mundo freqüenta, um parque, uma casa antiga...

-Minha escola tem cinqüenta anos...

-Ela é muito importante não só por ser antiga mas porque fez parte e faz parte da vida de muita gente.

Então é isto que é patrimônio cultural? Essas coisas que são importantes para toda a cidade?
-Para uma cidade ou um bairro ou uma comunidade ou um grupo de pessoas...
Elas identificam e diferenciam a cultura dos grupos e cidades como as suas coisas te identificam e te diferenciam do Paulinho e de suas colegas.
Essas suas coisas falam um pouco de você. Os bens culturais falam do grupo.

-Então é muito importante preservar o Patrimônio Cultural, né?! Se agente não preservar vamos ficar todos tristes, perdidos como eu ficaria se mamãe tirasse as minhas coisas...

- Isto mesmo menina. Preservar o patrimônio cultural é preservar a nós mesmos... Viveremos melhor se cuidarmos da nossa terra e das coisas que fizemos ou que os antigos deixaram para nós.

-Vovô...

-Sim minha neta.

-Vamos brincar na praça?

-Vamos. – Disse Vovô Carlos se levantando.

                                              (Sempre um começo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário