PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

PROTEUS EDUCAÇÃO PATRIMONIAL



BLOG VOLTADO PARA A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL - 16 ANOS NO AR

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

O ARQUITETO MIGUEL MICUSSI

O ARQUITETO MIGUEL MICUSSI



arquiteto Miguel Micussi nasceu em 1872 e teria falecido em 1926. (O Construtor de mansões. Disponível em:< http://piraporacentenaria.blogspot.com.br/2012/08/o-construtor-de-mansoes.html>. Acessado em: 06 de junho de 2016).

Miguel Micussi - arquiteto de origem italiana - foi o construtor do Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura Municipal de Natal/RN, inaugurada em 7 de setembro de 1922. Também foi responsável pelo pedestal do busto do Padre João Maria Cavalcanti de Brito - esculpido por Hostílio Dantas - construído e inaugurado em sete (7) de agosto de 1919 e pelo monumento construído em homenagem a independência do país datado de setembro de 1922[1] – ambos também na cidade de Natal. Em Corinto/MG, Miguel Micussi teria construído a Casa do Agente da Estação.



Prefeitura Municipal de Natal - Palácio Felipe Camarão. Fotografo: Canindé Soares. 


Em Pirapora, Miguel   projetou a Estação Ferroviária, as casas do pátio da Estação, o Paço Municipal, a Casa do Coronel Ramos, a casa do Coronel Antônio Nascimento, as escolas públicas, a Igreja Matriz e o Hotel Internacional de sua propriedade. 


Seu irmão Pedro Micussi era químico e pintor. Nasceu em Artegna, província de Udne, Itália em 1885. Teria Trabalhado na construção da estação de Pirapora e depois se estabeleceu em Belo Horizonte com o irmão Miguel. Em 1922, fundou a Tamietti e Micussi, a primeira fábrica de tintas da capital mineira com o nome de fantasia “Tintas Sereia”. (GARCIA, Luiz Henrique Assis. Tratar da história da Imigração Italiana possibilidades de acervo e pesquisa no Museu Histórico Abilio Barreto, p.8. Disponível em: < http://www.ponteentreculturas.com.br/revista/tratar_historia.pdf. > Acessado em 7 de junho de 2016). 

Pedro Micussi teria se estabelecido em Belo Horizonte em 1910. (PEREIRA, Lígia Maria Leite. Imigração italiana e desenvolvimento em Minas Gerais. X Encontro Nacional de História Oral – Testemunhos: História e Política, Recife, 26 a 30 de abril de 2010, p. 9. Disponível em: http://www.encontro2010.historiaoral.org.br/resources/anais/2/1269892337_ARQUIVO_ABHO2010-ImigracaoitalianaedesenvolvimentoemMinasGerais-LigiaMariaLeitePereira.pdf.  > Acessado em 07 de junho de 2016)



Pedro Micussi chegou ao Brasil em 1910 vindo de Buenos Aires. (PEREIRA, Lígia Maria Leite. Imigração italiana e desenvolvimento em Minas Gerais, s.d., p. 9).

Miguel Micussi se casou em 7 de novembro de 1911 com Cherubina Pereira Marques. Micussi era dono do hotel internacional construído por ele e dirigido por meio da sua firma Miguel Micussi & C.. Isso nos permite concluir que teria vivido em Pirapora por alguns anos. (Jornal o Pirapora, 15 de novembro de 1911, p.2).

O projeto do conjunto da Escola de Aprendizes Marinheiros em Buritizeiros/ Pirapora - MG - foi elaborado por Miguel Micussi, ficando a coordenação das obras – iniciadas em 6 de maio de 1909 - sobre a responsabilidade do engenheiro Capitão de Fragata Tancredo Burlamaqui de Moura. Segundo o Jornal Correio da Manhã, as obras foram iniciadas de fato em 15 março de 1910.(VER:  http://proteuseducacaopatrimonial.blogspot.com.br/2016/09/uma-escola-de-aprendizes-marinheiros-em.html).

Em 7 de abril de 1912, o hotel foi reaberto agora dirigido pelo sr. j. Moura da firma Ramos & Moura. (Jornal o Pirapora, 14 de abril de 1912, p.1).

 Em 1912, Miguel Micussi elaborou serviço de medição para o ramal férreo de Sabará a Ferros. (Jornal a Época, 22 de agosto de 1912, p. 3).


Em dezembro de 1912, Miguel Micussi ainda residia em Pirapora. (Jornal o Pirapora, 15 de dezembro de 1912, p.1).


Ver também:

UMA ESCOLA DE APRENDIZES MARINHEIROS EM MINAS GERAIS









[1] Jornal Diário de Natal, Natal, 11 de julho de 1967, p.6.



Nenhum comentário:

Postar um comentário